Live no Insta, é chato?

A produção de lives sem controle, deixou muita gente chateada. Então, os usuários da rede social de foto bonita foram para as redes sociais de reclamação falar mal.

Erika Souza

Ollar pessoas!

Então, sem querer polemizar vamos conversar hoje sobre produção de conteúdo em vídeo?

Então vamos lá!

Dia 17 de janeiro, foi liberado a transmissão ao vivo via instagram para o público brasileiro. Essa opção já era possível na gringa e ansiada pela nação tupiniquim.Os usuários podem acessar o Instagram Stories para selecionar a opção “Ao Vivo” e compartilhar momentos, assim como acontece no Facebook e no Periscope do Twitter.

como-fazer-live-no-instagram-990x520

Da mesma forma de como quando foi liberado a transmissão ao vivo no facebook, ou como qualquer outra novidade, a funcionalidade foi utilizada por uma grande galera sem medo de ser feliz. Fomos impactados por centenas de notificações que aquele @ estava fazendo uma transmissão ao vivo! Poxa que legal, né non?

Essa produção sem roteiro, sem controle, sem cenário, sem boa transferência de dados, sem noção, foi mais que suficiente pra deixar muita gente chateada. Então, os usuários da rede social de foto bonita foram para as redes sociais de reclamação falar mal.

Eu vi muitas vantagens na nova funcionalidade, como uma profissional do marketing digital entendo que a produção de conteúdo na forma de vídeo é a mais consumida por usuários de todo o planeta. Passamos muito tempo conectados, e a maioria dos acessos vem dos dispositivos mobile. Com a implementação do stories em 2016 o instagram conquistou um público novo e mesmo não conseguindo se comparar a qualidade do snapchat teve grande adesão.

Tio Mark não poderia deixar de implementar a funcionalidade ao vivo no instagram. Resta aos usuários ter discernimento sobre como vão usar a ferramenta. Cada plataforma tem uma função/ modalidade/ Público. Uma vez, teve um amigo que fez uma live no facebook dele. fazendo esteira na academia. Na hora me veio o desejo de comentar: “cara, vai fazer isso no snapchat”, porém me contive. Sou boazinha.

Num tem aquela primícia que afirma que Los Hermanos é legal, o que estraga são os fãs? Pois é gente, a live num é chata não. Galere é que ta usando desenfreadamente.

Outra coisa que eu gostei bastante foi o fato da transmissão funcionar igual a uma ligação por vídeo, ela não fica armazenada nem no aparelho nem da rede social. É na linha quem viu, viu, quem não viu só vai ouvir falar. Essa é uma boa opção pra você ter sucesso na sua transmissão, pois você pode avisar ao seu público previamente que vai realizar a atividade, postando uma chamada no feed ou no stories.

Outras dicas para ter sucesso nas transmissões:

É saber o que vai fazer. Abrir a câmera e ficar um tempão lá falando aleatoriamente pode dispersar seu público;

Espere formar o público para fornecer o conteúdo principal: se for apresentar um produto, ou um realizar um sorteio,ou qualquer coisa específica aguarde os seus seguidores acessarem a live antes de anunciar. Assim como facebook, o aplicativo informa quando as pessoas que estão assistindo;

Interaja com o seu público. Essa dica vale para tudo: Blogger, Intagrammer, Youtuber e demais produtores de conteúdo. Eles estão ali, muitas vezes pedindo sua atenção. Seja uma pessoa legal, num custa nada né?

Quando terminar a live no Instagram, você receberá um panorama da sua audiência durante o vídeo ao vivo. Isso pode ser uma excelente forma de avaliar seu desempenho. Não ignore essas métricas.

Os Instagrammers também podem usar a aba “Explorar” e descobrir o “Top Live”. Os vídeos que se destacam entre as opções de ao vivo populares são sugeridos no momento em que estão acontecendo. Segundo o Instagram, o “Ao vivo” chega em todo o Brasil ainda hoje e em breve para o resto do mundo.

Mas e você, já utilizou a funcionalidade?

 

Vamos aumentar a conversa? Comente este artigo.